Artigos

Novo estudo: Suplementos para lutar contra a covid 19

estudo covid 19 suplementos vitaminas c d ozionioterapia tratamento prevencao covid remedios nutricao cetogenica

A Dieta Cetogênica é uma poderosa aliada na prevenção e combate da COVID-19. “Mesmo que dietas não sejam reconhecidas como impactantes na evolução da COVID-19, a literatura científica mostra que uma dieta de baixo carboidrato e alta gordura (dieta cetogênica) é capaz de inibir inflamações e levar à melhoria da função respiratória.” (1)

Isso ocorre porque a COVID-19 gera uma resposta do sistema imunológico muito grave, chamada de tempestade de citocinas, que a cetogênica é capaz de prevenir, reduzir ou cessar. (2)

Citocinas são proteínas que regulam a resposta imunológica. A tempestade de citocinas atrai muitas células inflamatórias para dentro do tecido pulmonar, causando danos aos pulmões. Ela tem sido apontada como uma das causas da síndrome respiratória e da falência múltipla de órgãos que ocorre em alguns casos de COVID-19.

Mas, para além da dieta cetogênica, o que mais podemos fazer?

ATUALIZAÇÃO: Ivermectina e Covid 19

O mais recente estudo sobre o uso do vermífugo ivermectina apontou resultados preliminares de 83% na redução de mortalidade dos infectados. A revisão de meta-análise de ensaios clínicos randomizados (mais alto padrão de pesquisa) foi financiada pela Organização Mundial de Saúde.

A Ivermectina foi aplicada como tratamento em hospitais nestes estudos. Faltam mais três ensaios clínicos serem analisados para os resultados finais. Neste link, você assiste ao líder da revisão, Dr. Andrew Hill, falando sobre o vermífugo, “um tratamento transformador” em potencial para a covid.

Agora sim, vejamos os suplementos que podem ajudar seu sistema imunológico na pandemia. 

Atendimentos com Juliana Szabluk

Conheça a trajetória profissional da terapeuta e saiba como funcionam as consultas.

Suplementos para a COVID-19

Já havia mencionado, aqui no site, o impacto da Vitamina D no tratamento da COVID. No primeiro estudo randomizado sobre o tema, a Vitamina D reduziu o risco de UTI em 25 vezes. Leia o conteúdo sobre Vitamina D no tratamento da COVID aqui.

Agora, no recém-publicado (revista Nutrients) estudo Optimal Nutritional Status for a Well-Functioning Immune System Is an Important Factor to Protect against Viral Infections (3), a Vitamina D volta com aquela que eu considero sua maior aliada, senão mãe: a Vitamina C.

Esta pesquisa da Faculdade de Medicina de Southampton testou ambas as vitaminas (C e D) em doses um pouco mais elevadas do que as usualmente recomendadas para avaliar os resultados na COVID-19.

“Ao redor do mundo, infecções respiratórias agudas matam mais de 2.5 milhões de pessoas por ano”, disse Adrian Gombart (foto), professor de bioquímica e biofísica e o principal pesquisador do Instituto Linus Pauling. (4)

“Enquanto isso, há uma riqueza de dados mostrando a importância da nutrição no sistema imunológico. Como sociedade, precisamos fazer um trabalho melhor de levar esta mensagem juntamente com outras importantes mensagens, mais conhecidas”,  argumenta Gombart.

Existem alguns elementos nutricionais vitais para o sistema imunológico, explica Gombart. Não à toa, eles surgem constantemente na lista de suplementos que indico para as desordens com as quais trabalho:

  • Vitamina C
  • Vitamina D
  • Zinco
  • Ômega 3 (DHA especificamente)

“Os papeis das vitaminas C e D na imunidade são bem conhecidos”, diz Gombart. “A Vitamina C tem funções em muitos aspectos do sistema imunológico, incluindo o crescimento e funcionamento das células imunes e produção de anticorpos. Os receptores de Vitamina D nas células imunes também afetam sua função. Isso significa que a Vitamina D influencia profundamente a resposta às suas infecções.”

O problema, fala Gombart, “é que as pessoas não comem o suficiente destes nutrientes. Isso pode destruir sua resistência às infecções. Consequentemente, vemos um aumento nas doenças.”

Então, os pesquisadores (juntamente com Gombart), a partir de sua pesquisa, passaram a sugerir alguns elementos adicionais à dieta: suplementos.

Lista de suplementos para a COVID-19

Gombart e sua equipe indicam:

  • Multivitamínico diário
  • 200mg ou mais de Vitamina C diários
  • 2.000 UI de Vitamina D diários

Concluindo:

Quero lembrar que, se você optar por usar uma dose mais alta de Vitamina C, como os pesquisadores apontam, estas doses extras devem ser tomadas ao longo do dia. Tomar uma super dose de 1g, por exemplo, não tem muito poder, já que o corpo descartará o que não utilizar. Vá com doses de 200mg, 300mg ou 400mg e tome 3x ou 4x ao dia.

Alerto também que as doenças mentais e neurológicas com as quais trabalho são conhecidas por serem deficientes em vitamina C e ômega 3. Então, pensar em uma dose maior, nestes casos, pode ser ainda mais importante. (5)

Por último, alerto que zinco em excesso exerce a função oposta: inibe o sistema imunológico. Então, seja prudente aqui. A dose de zinco recomendada pelas diretrizes é de 8mg diários para mulheres e 11mg para homens adultos.

Ozonioterapia

Gostaria de deixar um adendo. Comecei a estudar a cetogênica há cinco anos justamente pelo seu caráter anti-inflamatório. De fato, a dieta foi fantástica para minhas questões imunes. MAS, atualmente, estou investindo em outra estratégia utilizada em hospitais europeus como tratamento de COVID-19, a ozonioterapia.

A Ozonioterapia é usada para tratamento de machucados, desordens circulatórias, condições geriátricas, degeneração macular, doenças virais, reumatismo, artrite, câncer, síndrome respiratória aguda grave (SARS) e AIDS. (6)

Faço aplicações semanais de ozonioterapia para melhorar meu sistema imunológico com excelentes resultados. Caso lhe interesse, busque um profissional muito bem treinado, pois certas aplicações, como a bucal, podem ter riscos.

(1) Eucaloric Ketogenic Diet in COVID-19 Cytokine Storm Syndrome (ketocovidiet)

(2) COVID-19: Proposing a Ketone-Based Metabolic Therapy as a Treatment to Blunt the Cytokine Storm

(3) Optimal Nutritional Status for a Well-Functioning Immune System Is an Important Factor to Protect against Viral Infections

(4) Dietary supplements an important weapon for fighting off COVID-19

(5) Nutritional therapies for mental disorders

(6) Ozone therapy: A clinical review

Receba notificações por email
Notificações de
guest
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
MARCIA MARTINS
MARCIA MARTINS
9 meses atrás

Juju tomei zinco que lado e me senti mal,tomei após o almoço, tentei por 3 dias e nesses 3 dias me senti mal. Entendi que o meu corpo já tem zinco suficiente e talvez estava dando uma super dosagem.