Chá de gergelim preto para constipação na Cetogênica

Chá de gergelim preto para constipação na Cetogênica

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
chá de gergelim preto constipação low carb cetogênica receita

Assine a newsletter e receba novidades por e-mail.

Constipação é um dos mais chatos problemas na Cetogênica – especialmente nas mulheres. Ainda estou esboçando um perfil, mas nada mais óbvio do que tenho visto: constipação aparece quase sempre ligada à ansiedade.

E o inverno não é exatamente um amigo da ansiedade, que pode mostrar sua face mais triste no frio, o estado depressivo. Sabemos da relação entre intestino e transtornos emocionais e, por isso, vou compartilhar com vocês uma receita da Medicina Tradicional Chinesa especialmente boa para o inverno e para a constipação: chá de gergelim preto.

Esta receita foi apresentada no vídeo da entrevista com o nutricionista Carlos Lampert Filho, meu terapeuta, grande amigo e professor. Nutricionista há três décadas, Carlos mescla nutrição e medicina chinesa, tibetana e indiana. Te inscreve no meu canal do YouTube e assista ao final da receita!

Mantenha em mente que alimentos pretos são excelentes para o frio. E que o gergelim é uma fonte de nutrientes fantástica na Dieta Cetogênica.

Por favor, troque sua questionável pasta de amendoim por tahine imediatamente.

O que o gergelim preto pode fazer por você? Muito.

Um dos condimentos mais antigos da humanidade, o gergelim preto deu origem à frase “Abra-te Sésamo” (gergelim é Sesame em inglês), no conto Ali Babá e os Quarenta Ladrões, de As Mil e uma Noites. Sésamo simboliza a crença no poder da semente naqueles tempos (desconhecidos, mas que se originam das tradições orais da Pérsia há muitos milhares de anos).

A diferença entre os gergelins branco e preto

Em comparação, eles são similares, mas o preto é melhor para utilização terapêutica. Alimentos pretos nutrem o fígado e os rins e são excelentes para estimular o yin – em uma sociedade em que todos sofrem de excesso de yang.

O gergelim preto é rico em magnésio e fósforo e se sobressai ao branco devido à maior concentração de vitamina A e E, cálcio, fibras e vitaminas do complexo B: ênfase na importância das vitaminas B se você está em cetose.

O gergelim preto é um forte aliado no tratamento e na prevenção da osteoporose, estimula o bom funcionamento cerebral, ajuda a reduzir o colesterol e previne doenças cardiovasculares, AVCs e tromboses.

Além de todos estes benefícios, a combinação de todos os nutrientes ainda ajuda a fortalecer o sistema imunológico, prevenindo diversas doenças que surgem no frio.

Os chineses já alertavam para o poder antienvelhecimento do gergelim preto, o que foi confirmado por Harvard em um estudo de 2010, que confirmou sua capacidade de retardar sintomas como cabelos grisalhos, perda de audição, pele seca e memória.

E é dos chineses que vem a receita de hoje. Na China, é comum a sopa de gergelim preto, uma sobremesa tradicional milenar. Como nesta sobremesa há arroz, nós vamos ficar apenas com os benefícios do gergelim perto e transformá-lo em um chá para curar a constipação.

Receita de chá de gergelim preto para constipação

chá de gergelim preto constipação low carb cetogênica receita

Ingredientes

  • 400 ml de água
  • 1 ou 2 colheres de sopa de gergelim preto (há variação de sabor, veja qual prefere)
  • Pedacinhos de gengibre (opcional)

Modo de preparo

Coloque o gergelim preto na água e deixe ferver por cinco ou sete minutos. Coe. Tome a água de duas a três vezes por dia.

Sinta-se livre para acrescentar outros chás laxativos, como camomila ou dente de leão.

Experimente usar esta água do chá para passar o café preto. Tome-o com leite de coco ou leite de amêndoas. Neste caso, tome apenas durante o dia.

Lembre-se de agregar o gergelim que ficou na panelinha às refeições. É fibra de altíssima qualidade. Despeje por cima dos legumes e saladas.

Obs.: as sementes de gergelim preto devem ser consumidas com moderação por quem tem histórico de pedras nos rins.

Carlos Lampert Filho é nutricionista há 29 anos e atua com as Medicinas Orientais de forma integrada, algo que desafia a ideia de complexidade – uma complexidade que só encontra paralelo em nosso próprio sistema corpo/mente.

Carlos atende em São Paulo, Florianópolis e Canoas. Acompanhe o conteúdo do nutricionista e sua agenda de cursos e atendimentos nas cidades de sua preferência no site do Espaço Bambuí.

 

Deixe um comentário

Faça login para comentar
avatar
1000