Artigos

Quantos corpos cetônicos preciso produzir? (Como interpretar os números no medidor)

Depende do seu objetivo com a Dieta Cetogênica. Você busca otimização mental? Apenas emagrecer? Emagrecer e reverter doenças geradas pela obesidade? Tratar doenças neurológicas? Performance atlética?

Suas respostas definirão seus chamados “níveis ótimos” (ideais) de corpos cetônicos. Estes  resultados são os indicados após medir os níveis de BHB (corpo cetônico) no seu sangue:

Stephen Phinney e Jeff Volek indicam:

  • Cetose nutricional leve (emagrecimento): entre 0,5 mmol/L e 1.0 mmol/L
  • Cetose ótima (benefícios cognitivos e performance física): entre 1,0 mmol/L e 3,0 mmol/L

Dr. Thomas Seyfried, que usa a Dieta Cetogênica para tratamentos de doenças como câncer, dá a seguinte orientação:

  • Cetose terapêutica: entre 3,0 mmol/L e 6,0 mmol/L. Diz ele na obra The Complete Guide to Fasting: “A chave para o tratamento é a manutenção prolongada do estado de cetose, sendo que os níveis de corpos cetônicos podem variar de 3 a 6,0 mmol/L, com níveis de glicose variando entre 3 e 4 mM.”

Dominic D’Agostino:

  • Níveis ótimos de cetose: entre 1,5 mmol/L e 3,0 mmol/L

NOTA: Minha experiência pessoal, que fechou 100% com tudo que eu e vocês, seguidores da Dieta Cetogênica e do Revolução Keto, temos conversado: quando falamos de melhoria em questões mentais (depressão, compulsão, bipolaridade etc), falamos de um número acima de 1,5 mmol/l, sendo o ideal entre 2 e 3 mmol/l. 

Nestes casos específicos, os relatos e vivências apontam que números abaixo de 1,5 não trariam melhoria na sensação de equilíbrio, bem-estar e outras questões fundamentais para sua qualidade de vida.

Ou seja, os números que encontrei na “vida real” foram exatamente os mesmos apontados pelos pesquisadores acima. 

5 Comentários

  1. Ola Juliana, obrigado pelos esclarecimentos.
    Acabo de comprar o Keto MCT 8 e não sabia como usar, e foi procurando respostas que encontrei você. Descobri a dois anos que tenho resistência à insulina e tenho feito uso de Victoza. Também uso homônimo para Tireoide o Nature throid 65 mg. Gostaria muito de saber se a dueta keto é o melhor para mim é de que maneira devo fazer.
    Se puder me responder vou ficar muita grata.

    1. Posso dizer duas coisas com tranquilidade: a melhor dieta para regulação (seja ela qual for) é a cetogênica. Isso porque o BHB tem essa capacidade ainda não perfeitamente explicada pela ciência de regular o funcionamento do corpo. O que conseguimos encontrar são questões ligadas à Keto e que já foram estudadas como reguladores, como é o caso do GABA por exemplo, ou da insulina, das inflamações etc. Mas, o exato porquê do BHB fazer isso (ou se é o BHB de fato ou a retirada de alimentos danosos) ainda não é 100% conhecido.

      A segunda coisa é: se você tem uma condição de saúde, uma patologia diagnosticada, seu lugar é no consultório médico, certo? O que quero dizer é que a Keto mudará – com certeza – suas medicações. É preciso ter muito cuidado com isso. Muito. Seu especialista precisa ter algum conhecimento na Cetogênica ou uma mínima vontade de colaborar com a causa.

      A Dra. Janaína Koenen, endocrinologista Keto em Belo Horizonte, é a tua fonte mais perfeita. Rodrigo Bomeny, em São Paulo, também é uma referência em Low Carb. Em Porto Alegre, o Dr. Souto, claro. Se não puder consultar com eles por questões financeiras ou geográficas, indico que busque médicos Low Carb na tua região (não precisa ser um especialista em Keto).

  2. Juliana Muito obrigado pela resposta, vou segui com minha endócrino e uma nutricionista para melhor controle da dieta. Estou confiante de que vou sim ficar sem medicamento com o tempo. Obrigado pela dica dos profissionais, caso haja necessidade tenho onde recorrer. Rsrsr
    Forte abraço!

  3. Olá, Juliana
    Acabo de conhecer o site. Pelo jeito vou passar dias para absorver todo o conteúdo.
    Num primeiro momento, gostaria de uma pequena informação…
    Comprei o aparelhinho na intenção de saber se o gosto metálico na boca significava que eu já estaria em cetose. A medição indicou que sim. Entretanto, como faço o jejum intermitente juntamente com a cetogênica, uma medição de 5.1 me assustou um pouco (depois de umas 14h de jejum). Aí renovei a medição (no dia posterior, de manhã) e voltei ao nível de 3.6, como parece ser o meu normal. Depois do exercício intenso, o nível de cetose caiu para 1.6 e 2h depois já normalizou em 3.6 de novo. Minha pergunta… se esse é um nível alto, o que fazer para regular um pouco mais abaixo?

    1. Cíntia, sim, um número alto como este pode acabar gerando uma ansiedade e um descontrole energético negativos. Precisamos ver como regular isso. Felizmente, é simples. Algumas coisas importarão na sua medição de corpos cetônicos:
      1 – exercícios reduzem o número de cetonas logo após a prática, mas, algumas horas depois, eles aumentam e aumentam ainda mais do que estavam originalmente. Portanto, meça sempre antes do exercício.

      2 – pela manhã, o número de corpos cetônicos é mais baixo devido ao cortisol natural do corpo.
      3 – quanto mais extenso o jejum, maior o número de cetonas. Se você medir antes de quebrar o jejum, estará medindo em seu ápice.
      4 – quanto menos carboidratos, mais corpos cetônicos. Quanto mais gorduras, principalmente de coco, mais corpos cetônicos.

      O que você pode fazer para reduzir isso: coma mais carboidratos (mais legumes, frutas – das permitidas), linhaça, chia, sementes de girassol e abóbora, tahine. Reduza o jejum. Não esqueça que a dieta cetogênica mimetiza o jejum no corpo. Ninguém nunca conseguiu me responder sobre a vantagem metabólica de ir da cetose para o jejum, de já estar em cetose constante e agregar ainda mais o jejum. MAS, saiba que a cetose ative os principais mecanismos que as pessoas buscam com o jejum. Não há uma obrigatoriedade em fazer jejuns extensos – a não ser que tu esteja tratando alguma patologia – daí, me avisa. Por último, corte gorduras de coco (óleo de coco, gordura de coco, manteiga de coco, mct, brain octane). Se precisar, use apenas a gordura de coco para cozinhar.

      Me avisa como ficou depois? Fiquei interessada nesse caso. Não quero te ver com 5 mmol/l, a não ser que tu tenha alguma questão neurológica, mas, mesmo assim, 4mmol/l seria o máximo. De resto, é excesso de energia e, cedo ou tarde, nos trará questões mentais e emocionais para lidarmos.

      Se começar a sentir insônia, ansiedade, agressividade aumentando, me avisa, por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *