Artigos

Live Revolução Keto #1 Mitos e fatos sobre Dieta Cetogênica

dieta cetogênica emagrecimento keto

Na primeira Live Keto, respondo tudo que ficou em aberto ao longo desses meses. Mitos e fatos sobre a Dieta Cetogênica: posso fazer a Keto após a bariátrica? E se eu não tiver vesícula? Nata e creme de leite são a mesma coisa? Como faço para não ficar contando tudo que como? Qual o melhor MCT? Como melhorar a fraqueza muscular? O hálito ruim passa?

Enfim, as questões são inúmeras e as respostas estão no vídeo abaixo:

Te inscreve no canal do Revolução Keto no YouTube e ativa o sininho para ser lembrado sobre as próximas Lives. Se não ativar o sininho, não é avisado quando eu entrar ao vivo, certo?

Tempo de duração da live: 20min a 30min.
Até lá! Beijão!

14 Comentários

  1. Olá, adorei sua Live de Ontem, pena que não deu para responder as peepergun do YouTube. Bem, gostaria de saber se posso tomar Shake Herbalife no cafe da manha, li bastante o rótulo e tem uma quantidade minimí de frutose da beterraba em sua composição.

    1. Me envia o rótulo disso nas mensagens da página do Revolução Keto no Facebook? Uma pergunta: por que tu não faz teu shake com alimentos de verdade? É jogar folhas e água dentro de um liquidificador. Fica muito difícil para fazer de manhã? Consegue dormir um pouco mais cedo, acordar um pouco mais cedo e preparar tua refeição? Não apenas por questões de relação com a comida ou o acordar mais cedo que tranquiliza a mente, mas pela densidade nutricional também.

    1. Bem, se teu metabolismo é muito eficiente e rápido, uma fatia pequena de melancia dentro de um dia bastante controlado possivelmente não te tirará de cetogênica. Cream cheese é permitido, mas não é um alimento. Use-o aos fins de semana ou em pequenas porções. Ele não ajudará no emagrecimento, mas não afetará a cetose quando usado com bom senso. Maracujá se enquadra muito no que falei sobre a melancia. Uma colher de maracujá em um dia cujo consumo de carbs foi controlado dificilmente te tirará de cetose – a não ser que tu tenha questões metabólicas.

  2. Juliana vc é ótima comunicadora 🙂 dá pra entender tudo direitinho o q vc explica. Parabéns pela live. Gostaria de saber quais são os exames que devo fazer pra saber como está minha saúde? Os médicos infelizmente ficam só no basiquinho e as vzs não solicitam os que a gente precisa ou pede pra eles. Vc pode me ajudar com isto?
    Obrigada, bjinhos

    1. Olá, Cleide! O único caminho que eu posso te dar é o que eu fiz: segue tentando novos médicos. Busque aqueles com abordagens mais holísticas e menos fixados na academia, no discurso de sempre. Apenas um médico pode te dar esta resposta e ela precisa ser individualizada, ok?

  3. Boa tarde Juliana,
    Estou amando seus conteúdos e experiências, e tem me dado uma nova perspectiva, e esperança!
    Já sigo a linha de alimentação com poucos carboidratos, e apesar de querer emagrecer um pouco mais, meu maior objetivo seria os benefícios neurológicos.
    Sou uma pessoa com tendência a melancolia/ depressão, e com déficits de atenção. Na realidade o que mais me afeta é a sonolência, letargia, quando a mente está aérea (como uma estafa), raciocínio mais devagar as vezes e falta de memória. ( minha queixa é ser uma pessoa muito zen, calma, parada, acredite isso é um problema também) Ao assistir a live, vi que você comentou que esta na Índia pesquisando os tipos de pessoas que poderiam não se adaptar a cetogênica: você comentou de questões ósseas (não tenho) e questões associadas a mente mais aérea e memória… Será que pelo fato de estar nessa categoria, há possibilidade de não me beneficiar com a cetogênica? Há algo específico que você possa me indicar?
    Te agradeço imensamente.
    Seguimos juntas nessa luta!

    1. Olá, queridão! Então, menos gorduras (incluindo azeitonas e abacates), menos carne vermelha, menos comidas pesadas e gordurosas. Mais saladas (principalmente em estações quentes, se teu intestino permitir), muuuuitas verduras, muuuuitas folhas, leite de coco, peixes, peru e frango. Troque a manteiga pelo ghee e não esqueça de incluir linhaça, chia e sementes de girassol e abóbora na dieta, ok?

      Tempere seus alimentos com canela, cravo, alho, gengibre, cúrcuma, pimenta caiena. preta, orégano, páprica, vixe. O céu dos temperos é ilimitado para ti. Eles te ajudarão a te colocar em movimento. Sempre use temperos e pimentas.

  4. Ju,
    Sabe dizer se há grupos de cetogênica no Whatsapp!?
    É interssante grupos de apoio pra testemunhos, e apoio mutuo!
    Juntos somos mais fortes.

    1. Não uso grupos e não os indico aos meus clientes, porque a comparação de resultados acaba gerando mais ansiedade nas pessoas que atendo. Porém, concordo que podem ajudar na questão da motivação. Há um grupo que posso recomendar por conhecer o administrador. Contudo, nunca entrei no grupo e nunca li nada do que está escrito por lá, ok? É o Família Cetogênica, gerenciado pelo Wesley Patrick Silva, que é uma pessoa com um excelente coração e ética.

    1. Foi o porquê de eu ter entrado nesta jornada. Diria que mais do que combinam, são inseparáveis. Mas, é importante lembrar que o termo fadiga adrenal se refere a uma disfunção no eixo HPA, que eu já havia falado no vídeo sobre hormônios femininos na dieta cetogênica. Bem, o que importa e é sério dizer aqui são os quatro principais fatores que causam a fadiga adrenal, certo? Estresse, problemas de sono, inflamação crônica e desequilíbrio do açúcar no sangue.

      Por que é importante dizer isso? Os dois últimos itens, inflamação e açúcar, são combatidos pela cetogênica independentemente de como você a fizer. CONTUDO, os dois primeiros, estresse e sono, podem se agravar se você fizer a dieta de forma equivocada. Grande parte das pessoas que atendo o foco está em restaurar o equilíbrio da ansiedade e do sono perdidos pela cetose atingida em uma cetogênica mal pensada ou afobada, digamos assim.

      O que posso te dizer é, com toda seriedade do mundo: observe seu sono. Observe a velocidade da sua mente. A qualquer sinal de aceleração ou insônia, repense o número de corpos cetônicos alto, a gordura em excesso, o medo de carboidratos e outras questões que podem agravar o quadro. Afinal, não adianta perder peso comprometendo eixos básicos do corpo que levarão anos para serem restabelecidos, certo? Tenha tranquilidade nos números, na pressa, na ansiedade por resultados. Assim, a cetogênica será sim um grande caminho.

      Abração, Eliza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *