Artigos

Dieta Cetogênica: alimentos permitidos e proibidos

Dieta Cetogênica: alimentos permitidos e proibidos 1

Posso comer banana na Dieta Cetogênica? Ai, ai, ai.

Sair dos sites e fóruns norte-americanos para a Keto no Brasil é sempre um choque. É grande o desconhecimento dos brasileiros sobre os mecanismos da cetose.

Isso é natural, porque a Keto é pouco conhecida por aqui e há pouquíssimos recursos em português.

Pois bem, meu intuito é justamente trazer o que há de mais confiável das minhas pesquisas para cá. Hoje, trago o que venho recolhendo há alguns meses de livros, fóruns, médicos e especialistas nos EUA e Canadá.

A maioria já foi testada por mim e teve bons resultados. Enfim, sigo esta lista e não posso me queixar de sintomas ruins ou baixos níveis de corpos cetônicos.

Atenção: lembre-se que cetose não é apenas comida.

Para manter seus níveis de corpos cetônicos estáveis, considere estas duas leis:

  • Durma no mínimo 6h por noite (e que seja um bom sono!). Ideal: 8h.
  • Não deixe seu estresse explodir. Não ative seu cortisol desta forma.

Estas duas questões podem e vão te tirar da cetose. Independentemente do que você comer.

Nota 1: se você está buscando a cetogênica para tratamento MÉDICO, busque um MÉDICO. Isso é óbvio.

Nota 2: se você está na Keto para emagrecimento rápido ou otimização do corpo, saiba que não existem mistérios na dieta. Você conseguirá desvendar os mecanismos do seu novo corpo em pouco tempo, apenas com interesse em você mesmo e algum apoio emocional.

Lista de alimentos na Dieta Cetogênica

Vamos acabar com essa loucurada na internet de uma vez por todas.

Serei radical aqui, ok?

A meta desta lista é garantir que você entrará em cetose.

Se algum alimento for “mais ou menos permitido”, o cortarei sem piedade ou o colocarei na lista cinza. Isso significa que fui a dezenas de sites e fóruns, mas não encontrei uma definição mínima sobre o uso.

Atenção: com o passar das semanas, após sua estabilização e crescente conhecimento sobre a Dieta Cetogênica, você poderá manipular a lista de acordo com suas medições e sensações individuais.

Me prometa uma coisa: se você comer algo daqui e tiver certeza que este alimento tirou você de cetose, me avisa imediatamente e tentarei descobrir como isso aconteceu.

Me prometa uma última coisa: se tiver dúvidas sobre algum alimento, me chama nos comentários, que eu vou atrás.

Seguirei atualizando… Diariamente e para sempre.

Alimentos permitidos na Dieta Cetogênica

Dieta Cetogênica: alimentos permitidos e proibidos 2

Carnes permitidas na Dieta Cetogênica:

  1. Peixe
  2. Porco (Bacon dentro!)
  3. Carne de gado
  4. Frango
  5. Peru
  6. Vísceras
  7. Coelho
  8. Ovelha
  9. Polvo
  10. Ostras
  11. Lula
  12. Camarão

    Gorduras permitidas na Dieta Cetogênica:

  13. Manteiga
  14. Maionese (feita com azeite de oliva e sem açúcar – leia o rótulo)
  15. Banha
  16. Sebo
  17. Óleo de Coco
  18. Óleo de Linhaça (não aqueça)
  19. Óleo de Gergelim (não aqueça)
  20. Óleo de nozes e castanhas (não aqueça)
  21. Ghee
  22. Manteiga de Coco (com moderação)
  23. MCT
  24. Gordura de Coco
  25. Nata
  26. Azeite de Oliva (não aqueça)

    Queijos permitidos na Dieta Cetogênica:

    Coloco em ordem de carboidratos (prefira os primeiros aos últimos):

  27. Queijo de cabra
  28. Brie
  29. Suíço
  30. Muçarela
  31. Requeijão
  32. Gouda
  33. Feta
  34. Parmesão
  35. Ricota (coma com moderação)
  36. Cottage (coma com moderação)

    Bebidas permitidas na Dieta Cetogênica:

  37. Chá
  38. Água
  39. Erva Mate
  40. Café

    Frutas permitidas na Dieta Cetogênica:

  41. Abacate
  42. Limão
  43. Coco
  44. Coco ralado (não adoçado – leia o rótulo)
  45. Amora, framboesa, mirtilo, cereja, morango (um punhadinho… Raramente)

    Castanhas e nozes permitidas na Dieta Cetogênica

    Em ordem de carboidratos (prefira as primeiras às últimas):

  46. Macadâmias
  47. Noz Pecã
  48. Nozes
  49. Avelãs
  50. Castanha do Pará
  51. Amêndoas
  52. Pistache
  53. Amendoim
  54. Amêndoa e Farinha de amêndoa
  55. Castanha de caju (coma se precisar e com muito cuidado – altos carbs)

    Vegetais permitidos na Dieta Cetogênica:

  56. Couve
  57. Folha de beterraba
  58. Espinafre
  59. Couve-de-Bruxelas
  60. Aspargos
  61. Couve-flor
  62. Brócolis
  63. Alface
  64. Rúcula
  65. Vagem
  66. Agrião
  67. Acelga
  68. Repolho
  69. Salsa
  70. Chicória
  71. Quiabo
  72. Chuchu
  73. Pepino
  74. Abobrinha
  75. Abóbora (com cautela, uma colher de sopa = 2,8g de carbs)
  76. Couve Chinesa
  77. Palmito
  78. Berinjela
  79. Rabanete
  80. Nabo
  81. Funcho
  82. Pimenta
  83. Pimentão
  84. Cebola (com moderação)
  85. Alho
  86. Radite
  87. Escarola
  88. Tomate (com moderação)
  89. Bambu
  90. Alcachofra

    Alimentos gerais permitidas na Dieta Cetogênica:

  91. Ovos
  92. Azeitonas
  93. Linhaça
  94. Gergelim (tenha moderação)
  95. Semente de abóbora (tenha moderação)
  96. Tahine (pasta de gergelim) (tenha moderação)
  97. Leite de coco
  98. Chia (tenha muita moderação)
  99. Cogumelos

Adoçantes na Dieta Cetogênica (use com moderação):

Os adoçantes aqui listados aparecem pelo simples fato de não gerarem picos de insulina no corpo. Ou seja, não te tirarão da cetose.

Minha visão pessoal: infelizmente, brasileiros não dispõem de milhares de reais para fazer uma dieta perfeita. Eu apareço neste grupo. Seria um mundo bonito, mas é irreal pensar desta forma. Precisamos trabalhar com a realidade. Sem culpas, sem julgamentos, sempre buscando o equilíbrio entre perfeito e possível. Ainda penso que o equilíbrio é mais saudável do que a perfeição.

Se você estiver vindo do mundo do açúcar refinado e não tiver dinheiro para a perfeição, faça o que puder e orgulhe-se disso.

Stevia (estévia)
Xilitol
Eritritol

Adoçantes artificiais (fonte final: Stephen Phinney). Utilize as versões líquidas, não em pó.
Sucralose
Aspartame
Acesulfame-K

Alimentos proibidos na Dieta Cetogênica

Dieta Cetogênica: alimentos permitidos e proibidos 3

Frutas proibidas na Dieta Cetogênica:

Quase todas. Eu diria para esquecer as frutas para sempre. Fique apenas com coco e abacate. Se você não encontrou determinada fruta na lista de proibidos, é porque eu esqueci de colocar. Nutrientes? Coma vegetais sem açúcar.

  1. Banana
  2. Tangerina
  3. Kiwi
  4. Laranja
  5. Maçã
  6. Mamão
  7. Uva
  8. Manga
  9. Abacaxi
  10. Sucos de frutas (à exceção da limonada, com adoçante)

    Vegetais proibidos na Dieta Cetogênica:

  11. Batata Doce
  12. Inhame
  13. Batata
  14. Batata Yacon
  15. Tomate Cereja
  16. Cenoura
  17. Pastinaca (chirívia)

    Grãos proibidos na Dieta Cetogênica:

  18. Trigo
  19. Cevada
  20. Aveia
  21. Arroz
  22. Quinoa
  23. Sorgo
  24. Milho
  25. Trigo Sarraceno
  26. Broto de grãos
  27. Grão de bico
  28. Feijão
  29. Lentilha
  30. Ervilha
  31. Amaranto

    Coisas óbvias proibidas na Dieta Cetogênica:

  32. Macarrão
  33. Massas
  34. Pães
  35. Bolos
  36. Biscoitos

    Gorduras proibidas na Dieta Cetogênica:

  37. Óleo de Soja
  38. Óleo de Canola
  39. Óleo de Uva
  40. Óleo de Milho
  41. Margarina
  42. Óleo de Algodão

    Adoçantes proibidos na Dieta Cetogênica:

  43. Adoçante Maltitol
  44. Frutose
  45. Mel
  46. Agave

    Outras coisas proibidas na Dieta Cetogênica:

  47. Álcool
  48. Mexilhões
  49. Água de coco

    Lendo rótulos na Dieta Cetogênica: fuja destes:

  50. Maltodextrina
  51. Frutose
  52. Xarope de milho
  53. Dextrose
  54. Maltose
  55. Galactose
  56. Glicose

Zona Cinza: alimentos complicados na Dieta Cetogênica

Alimentos polêmicos, que podem causar outros distúrbios, ou que exigem muita cautela e conhecimento sobre os processos de fabricação de cada marca para consumir. Na dúvida, não coma.

Iogurte natural: altos carboidratos. Uma ou duas colheres em um molho de salada, ok. Mas, um potinho tem 10g de carboidratos. Para muitos, isso representa metade da cota diária.

Leites vegetais: à exceção do coco, claro. Eles não são proibidos, mas podem ter altíssima quantidade de carboidratos. Tome muito cuidado.

Kombucha: cinza, porque pode ter açúcar adicionado ou pode ser feito em leite de vegetais (alto carboidrato).

Óleo de Palma

Óleo de Girassol

Óleo de Cártamo

Chocolate amargo (acima de 85%): moderação sempre. Se estiver buscando perda de peso, ainda mais. Por mais amargo que seja, há açúcar. Pense em cortá-lo se conseguir. Ao menos por um breve tempo.

Manteiga de amendoim e Pasta de amendoim: precisam ser 100% amendoim e consumidas em baixa quantidade. Observe os carboidratos no rótulo e tenha bom senso.

Leite de soja: baixo em carboidratos, mas rejeitado por médicos pelos problemas que pode gerar no intestino e nos hormônios.

28 Comentários

  1. Oi Ju. Tenho acompanhado teus vídeos e lido teu site. Estou achando tudo muito bom! Ontem eu comecei a dieta cetogênica baseado nas tuas informações. Eu já fazia a dieta do low carb e também o jejum intermitente. Eu comecei porque nos últimos exames, minha glicose estava alta, não chegou a dar diabetes, mas bateu na trave. Também estava com esteatose, que diminuiu depois do low carb. Perdi uns kg, mas eu oscilo entre 69/75,km. O famoso efeito sanfona. Em fim, vou começar a dieta cetogênica. Pelo pouco que já li e pesquisei eu vi que tem fundamento! Obrigado por hora! Vou te contando as mudanças que forem ocorrendo no meu corpo.

    1. Manoel, a única coisa que posso te dizer é que vou manter meu compromisso com a responsabilidade das fontes e com a seriedade da informação. Afinal, estudei justamente pra aprender a usar fontes confiáveis. Inclusive, teu comentário me deu a ideia de fazer um post com as fontes que utilizo. Não gosto de posts mais duros, em que tudo é referido o tempo todo. Então, vou fazer um adendo pra que as pessoas saibam quem são as cinco ou seis fontes em quem mais devemos confiar.

      No mais, vai nos repassando tudo sobre a esteatose (espero que melhore muito mais agora, a Keto é excelente, se não a melhor dieta, para gordura no fígado). O efeito sanfona dependerá de ti. Mantive meu peso com Low Carb por muitos anos. Aumentava conforme saía da dieta, simples assim. O mesmo se dará com a Cetogênica: se tu começar a comer pão todos os dias, engordará.

      Mas, percebo que, ao longo dos anos, a partir de relatos, as pessoas voltam a comer alguns carboidratos complexos de quando em quando sem grandes efeitos no emagrecimento. Sairemos de cetose, claro, mas voltaremos rapidamente se estivermos muito bem adaptados ao processo. Bom, o foco é consertar o organismo. Depois, vemos sobre as escapadas da Dieta ao longo dos meses.

      1. Vou adorar o post sobre as fontes! A gente se perde mesmo num mar de informação, eu estou num constante processo de avaliar o que é confiável e o que não é. Obrigada pelo ótimo trabalho 😉 Já virei sua fã.

  2. Te conheci através do YouTube essa semana e estou amando tds os conteúdos. Já estudei a lista de permitidos e começo amanhã. Estou pensando em fazer um diário e analisar td o processo. Busco o emagrecimento e melhor qualidade de vida!

    1. Emagrecimento, na Keto, é a mais bela das consequências. Teu primeiro objetivo é, como tenho dito, adaptar teu corpo à queima de gordura. Por isso, neste primeiro momento, não te preocupa com calorias. Come as gorduras com vontade, aumenta os corpos cetônicos e estabiliza um bom nível deles (mede para ter certeza). Faz isso por um, dois meses ou até três. Quando estiver bem confortável na dieta, quando já dominar os carboidratos e não tiver mais riscos de deficiências de minerais e nutrientes, comece a pensar na leve e gradativa redução das gorduras. Vamos falando por aqui se tu precisar de ajuda, ok?

      Sobre a lista, eu preciso é te pedir perdão pela bagunça que ficou. Ela está correta, mas, aos olhos de uma virginiana, precisa melhorar. Estou bolando o conteúdo “101 melhores alimentos Keto” (com número de carbs, proteínas e gorduras) e quero lançar na forma PDF também, para que vocês possam guardar no celular ou na geladeira. Vai ficar linda e será lançada no futuro breve.

      Mas, antes, vamos lançar algo ainda mais importante (principalmente para quem deseja emagrecer): a primeira calculadora da Dieta Cetogênica em português. Estamos finalizando a programação aqui e ajudará muito a evitar confusões de macros, calorias e tudo mais! Nela, tu vai poder colocar teu objetivo, a velocidade do emagrecimento, e calcular direitinho quanto tu vai poder comer. Estou adorando o produto final. Espero que goste também (se não gostar, já sabe: volta e me avisa sobre necessárias melhorias!)

      Um beijo grande!

    1. Oi, Rafa! Tu me perguntou isso na live ontem e eu não soube dizer, certo? Que bom que perguntou por aqui também, porque me permite dar uma vasculhada nas melhores fontes e ver se há alguma resposta exata para a dúvida. Bom, neste caso, vi um relato dizendo que o kefir de água gerou pico de glicose e grande queda nos corpos cetônicos.

      Mas, há belas fontes afirmando que nossos amados bichinhos comerão o açúcar quanto mais tempo tu deixar fermentando. Não saberia dizer qual kefir seria o menos danoso em termos de carboidratos, sendo que o kefir de água usa açúcar de diferentes tipos e o de leite usa o açúcar do leite.

      Gostei muito da receita do kefir de leite de coco, já testou? Deixo aqui para ti no final do comentário.

      O que nos leva à ideia que eu coloquei ontem à noite, na live do instagram:

      1 – use o mínimo de açúcar possível na água ou o leite mais gordo possível.
      2 – deixe fermentar o máximo de tempo possível.
      3 – teste os níveis de açúcar e/ou corpos cetônicos 1h, 2h, 3h após ingerir cada um dos diferentes tipos e veja se tu é uma das premiadas na keto, capazes de tolerar números maiores de carboidratos.

      Eu gostei muito da ideia do kefir de leite de coco, porque a diferença nos carboidratos do leite de coco para o leite comum é substancial. Ainda mais que os amados bichinhos comerão boa parte deles. O de leite de coco seria praticamente garantido, mas teste para ver. Inclusive, a fonte que te passo é excelente. Dificilmente a Martina nos daria algo duvidável.

      Se quiser testar para nós e me avisar como fica… Se der tudo certo, já subimos aqui no site para ajudar as pessoas, o que acha? Um beijão grande!

      Kefir de Leite de coco https://ketodietapp.com/Blog/lchf/how-to-make-coconut-milk-kefir

    1. Pois então, Rômulo! Acho que a coisa que mais repito é meu débito com vocês com relação à lista oficial dos 101 melhores alimentos na Dieta Cetogênica, com os dados nutricionais dos alimentos, para que todos entendem o porquê de estarem ou não na lista. Começarei a lista na semana que vem. Agora, é uma promessa!

      Sobre os mexilhões, 100g contém 7g de carbs. Se pensarmos que, dependendo do caso, a pessoa, em fase de adaptação, pode ter que comer 10g de carbs totais por dia, complica muito a situação. Porém, na fase de manutenção do peso e já bem adaptado à gordura, é bem possível comer uma porção sensata sim. Na verdade, eu optei por tirar quase tudo que exigisse sensatez, entende? Porções pequenas no caso. 100g de mexilhões é bem pouco e a chance de passar é grande, não quis colocar ninguém em risco.

      Sobre a abóbora (cabotiá, no caso – vou alterar ali para especificar), eu particularmente não como. Mas, vamos pensar que a pessoa come uma ou duas colheres de sopa em uma refeição, aliada com frango ou um bife. Em uma colher de sopa, haverá 2,8 gramas de carbs totais. É algo possível de ser feito. Mas, você tem razão. Se eu coloco abóbora ali, há chance de que as pessoas saiam comendo pratos inteiros de creme de abóbora. Ela também exige cautela. Vou remover da lista até termos a lista com os dados nutricionais. Obrigada!

  3. olá… Vi seu depoimento no evento Tribo Forte 2018, e depois pela @familiacetogenica cheguei até aqui. Aqui encontrei muitas informações que buscava e não encontrava em sites.
    Procurava informações pois muitas pessoas são contrárias e dizem que não devemos fazer.
    Venho de uma casa onde tudo é motivo pra comer carboidrato…. rsrs
    Já passei pela lowcarb… mas estacionei. Comecei então a keto com fins de emagrecimento, em um desafio, mas algumas coisas mudaram nesse tempo, entre elas: sem vontade de comer doces após a refeição e saciedade que nunca tive, estava sempre com fome.
    Me sinto ótima.
    Obrigada por compartilhar seus conhecimentos.

    1. Gina, fico feliz que o Tribo Forte e o Patrick tenham nos unido. Também acreditava que eu jamais poderia dizer que não sinto falta de doces. Afinal, não cheguei aos 130 quilos comendo brócolis. Muito menos, era compulsiva alimentar roendo talos de aipo.

      Estou lendo a mais recente obra do Taubes, The Case Against Sugar, e cada vez mais fica claro como o açúcar é a mais difícil e danosa das drogas. Como mãe, meu coração se parte diariamente quando largo as meninas para passarem o dia na escola, comendo segundo as diretrizes padrão. O próprio Taubes, acredito que numa frase roubada do Pollan, nos fala como “a principal responsabilidade da pessoa madura é reduzir o açúcar das crianças”.

      Ah, se eles soubessem tudo que é açúcar… Se tivéssemos sabido e vivido desta forma. Nossa vida teria sido muito diferente, não é Gina? Muito menos sofrida. Por isso, o maior paradoxo do nosso tempo é a relação entre açúcar e felicidade. Hoje, até pode ser. Mas, o preço desta euforia instantânea chamada de felicidade é simplesmente alto demais para a humanidade.

      Muito obrigada pelo carinho. Volte sempre que quiser e precisar. Um abração!

    1. Resposta quase automática, né? Estou aqui trabalhando em um novo conteúdo e aproveito pra responder agora mesmo. NOSSA, eu SOU a informação. Por muitos anos, sofri da chamada Síndrome de Raynaud, comumente associada à artrite (a dor é muito similar, apesar de terem grandes diferenças). Adivinha se não sumiu, do absoluto nada, quando entrei de cabeça na Low Carb?

      Priscilla, a quantidade de artigos sobre artrite e baixo carboidrato é simplesmente gigantesca. Como é uma questão inflamatória que une todas essas doenças, o que eu vou te dizer… A Keto é a dieta anti-inflamatória. Não sei se tu lê em inglês, mas qualquer pesquisa rápida sobre “keto arthritis” vai te dar horas de lindas e esperançosas leituras.

      Estudos não faltam também:
      – Estudo no Jornal de Neurologia Infantil: cetogênica inibe caminhos inflamatórios associados à dor https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4124736/

      – Revisão: Keto, inflamação e imunidade. Keto reduz a dor reduzindo inflamações: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27168354
      – Estudo pequeno: 7 dias de Keto, pacientes com artrite reduzem estresse, emagrecem e sentem menos dor https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10812493

      Não é possível viver com inflamações, Priscilla. Te digo isso enquanto escrevo toda curvada, pela insuportável dor da fibromialgia, que voltou com tudo após uma semana fora da Cetogênica. Não é possível viver fora da Keto. Este é meu relato pra ti.

  4. Vc não falou nada sobre o provolone…ou eu não achei ?
    Rs…Pode ?
    Sobre frituras com imersão..vi que o azeite não pode ser aquecido..quais outras opções ?
    Obrigadaaa..estou amando o site

    1. Desculpa a demora, Fernanda… Demorarei mesmo para responder daqui para frente, peço desculpas. Contudo, nunca deixarei de responder. Bem, não especifiquei todos os tipos de queijo, porque a lei é a mesma para todos. Queijos são permitidos na cetogênica, porque têm baixos carboidratos. Contudo…

      Queijos engordam. Porém, você está em uma dieta que não pode comer muitas coisas, certo? Quem sou eu para dizer “corte o provolone”?

      Se você não tem problemas com laticínios e não está em uma busca frenética para virar uma modelo em 20 dias, seja feliz com seu queijo. O que deve ser de fato salientado é que queijos não são alimentos feitos para matar a fome. Seu almoço não pode ser provolone ou qualquer outro queijo. A nutricionista polyana freitas falou muito bem no guia de dietas low carb dela que postei aqui no site: queijos são a parte gourmet da cetogênica. Coma-os para ter prazer e nada mais. Com sabedoria e equilíbrio.

    1. Olá, Brenda! Dificilmente, você verá alguém dizendo “jamais coma amendoim na cetogênica”. Em termos bem gerais, alimentos proibidos na cetogênica são os que te tiram de cetose, certo? Contudo, há outras incontáveis variáveis que dependerão do seu bolso, dos seus problemas de saúde, das suas intolerâncias etc. O que devo dizer é que amendoim não entra no grupo das “nuts”, as nozes e castanhas. Ou seja, se você está comendo amendoins pensando nos benefícios das nozes e castanhas, infelizmente, isso não acontecerá. Se você está comendo amendoins porque os ama e não tem nenhuma questão de saúde que os restrinja, coma um pouco, em alguma receita, em um fim de semana especial ou algo do gênero.

      Queijos? Se você não tiver problemas com laticínios, coma-os com felicidade. Queijos não são exatamente indicados para quem busca imensa perda de peso rápida, mas eu jamais indicaria imensa perda de peso rápida para qualquer ser humano. Uma visão minha. O caminho sim precisa ser sustentável: tranquilo e feliz.

  5. Olá Juliana.
    Tenho 33 anos e há uns 3 anos estava com uma recorrência de fungo ginecológico que estava me deixando doida (mês sim, mês não) . Procurar médicos o único que achava era prescrição de antibióticos e antifúngicos (zero exames). Fiquei tão doida que virei internet de cabeça pra baixo buscando ajuda e achei uma dieta especifica para esse meu problema e a segui por 90 dias (era o recomendado). Nem podia imaginar que existia Low Carb ou Cetogênica. Esses 90 dias fiz rigorosamente a dieta cetogênica sem saber e após esse tempo fiquei na low carb. Acabei furando em vários momentos, mas o fungo nunca mais voltou. Depois descobri (2018) que por ter SOP tinha resistência insulínica, mas com auxílio de médicos passei a vida toda usando anticoncepcionais (dos 14 aos 29 anos) e ganhei crises de enxaqueca e 3 nódulos no fígado (hiperplasia nodular focal). Com essa mudança alimentar eu melhorei como um todo e é fantástico o resultado conquistado. Acabo de descri sua página por um store da DR JaninaKoenen e estou encantada com todo conteúdo disponibilizado gratuitamente. Muito obrigada por compartilhar seu rico conhecimento na área. Sobre a lista dos permitidos, fiquei com dúvida na parte de queijos: requeijão de corte (comum no nordeste) ou do copinho do mercado?

    1. A lista de alimentos oficial está pronta, acredite. Mas, me envolvi com as questões cardíacas e precisei parar o projeto da Cetogênica por um tempo, peço desculpas. Fico muito feliz pela tua busca. As trajetórias médicas que envolvem a Keto deveriam sair em uma antologia de casos. São histórias maravilhosas sobre todas as exceções que a medicina não consegue explicar. Ou seja, envolvem muitas emoções e, acima de tudo, resiliência. Apenas por isso, somos merecedoras de admiração.

      Bom, sobre o queijo, a lista oficial será publicada em algo como 10 dias. Mas, vamos refletir sobre a questão do requeijão na cetogênica agora. Sou do sul e desconheço todos os alimentos típicos do norte e nordeste, infelizmente. Mas, fui atrás do que seria a receita deste requeijão de corte. Nas receitas que encontrei, havia muita maizena (amido de milho). Seria preciso ficar atenta a este ingrediente especificamente. Pegue todos os ingredientes que você utilizar, coloque-os em alguma calculadora como o fatsecret.com.br e some os carboidratos de todos, dividindo-os pela quantidade de porções.

      Fui atrás, também, dos requeijões de corte prontos para vender. As embalagens oferecidas na internet são bem pequenas, quase ilegíveis, mas duas eram compreensíveis. Em uma, o valor de carboidratos era de 1,7 (pedaço de 30g, que é pequeno). Em outra, dizia 0 carboidratos (possivelmente, será algo entre 0,6 e 0,9 se eu bem conheço a indústria alimentar).

      Enfim, me parece que são tão bons (ou ruins) quanto qualquer outro queijo. Coma-os com sabedoria, para gerar momentos especiais de prazer. Na Cetogênica, eu comia um pedaço pequeno de queijo diariamente. Nunca alterou em nada meus corpos cetônicos (a piração com carboidratos reduzia mais meus corpos cetônicos do que o queijo).

      <3

  6. Nossa Ju!♡♡ Estou em crises de compulsão alimentares.. Estou comendo Tudo que veko pela frente..Já tentei entrar em cetose pela low carb mas não consegui. Estava pesquisando sobre dieta qual seguir ( low carb ou atkins ou a cetogênica) e ainda bem que te achei! Lendo teu blog inteiro… preciso emagrecer 17kg!! E também conter minha compulsão por açucar!! Juuu muito obrigada e socorro! Estou vendo teus videos tb! E ainda bem que vc está aqui nos mostrando o caminho em Português, porque como vc já disse e eu sempre vi (leio e pesquiso) encontrar conteúdo sobre keto de seriedade e informações completas é raro se não impossível (até você existir) obrigada por isso!

    1. Luana, fico muito feliz por tudo que tu escreveu. Tu sabe que sofro de compulsão também, certo? Não podemos nos dizer ex-compulsivos, sugerem os médicos. É uma doença que necessita de atenção pelo resto da vida, mesmo que não manifesta.

      Existem caminhos para controlá-la sim. Eu vaguei pelo mundo inteiro atrás de diferentes abordagens e os tratamentos convencionais (medicamentosos) me pareceram os menos eficazes, infelizmente. A nutrição ajuda, mas não é tudo. Ou seja, não se preocupe com a cetose em si. Ela tem resultados muito positivos no controle da compulsão, mas os casos de pessoas que pioraram o quadro na Keto também é relevante.

      Tudo isso se dá por uma mentalidade, que é a soma de práticas diárias e modo de perceber as coisas que nos rodeiam. Por isso, uma abordagem mais integrada é necessária no nosso caso. O foco não é nos rápidos 17kg, que são fáceis de perder. O foco é como criar uma Luana que manterá 17kg a menos pelo resto da vida com tranquilidade.

      Senão, meu site seria “emagreça 20kg em um mês”, eu estaria rica e me lixando para quando tu recuperasse o peso em um ano. Jamais faria isso. Compulsão “alimentar” (não é apenas alimentar, mas enfim) é algo sério e tem um caminho de cura que é simplesmente lindo. Hoje, posso me dizer abençoada pela doença, porque não teria trilhado uma vida tão bela não fosse por tudo isso.

      Deixo meu comentário de acolhimento a ti. Sinta-se abraçada.

  7. Oi Ju!!!

    Amei te conhecer pelas redes sociais!!! Estou iniciando a dieta Cetogenica e como a maioria das pessoas, cheia de dúvidas. Os teus conteúdos estão ajudando demais. Gratidão eterna!!
    Tenho uma duvída (Para variar kkk) Tenho 41 anos e já estou na menopausa, minha vontade de doce diminuiu muito mas as vezes vem com intensidade… Não vi na lista de alimentos permitidos: Creme de leite, cacau em pó puro e leite de coco (garrafinha). No desespero, faço brigadeiro com esses ingredientes. Posso consumi-los na dieta cetogenica? e temperos como cominho, páprica, cúrcuma (todos em pó) posso consumir também? E vinagre de maça? Ufaaa. Agradeço e parabenizo pela pessoa que você é… estudiosa, esforçada, que vem disseminando esse estilo de vida com tanta propriedade. Gratidão mais uma vez!!

    1. Se tu está fazendo isso na menopausa, tu já é uma campeã. Não se sinta desesperada. Há tantos doces keto saudáveis para fazer. Sim, todos os ingredientes que tu mencionou são bons. Só come o creme de leite com cautela, ok? E o de lata, se possível.

      Temperos TU DEVE comer. Muita ênfase. Noz moscada, gengibre, cardamomo, cúrcuma principalmente nessa época da vida. Eles são excelentes para regularizar o sistema. Novamente, cuidado com o excesso, porque eles podem aquecer o corpo demais e, daí, aumentaremos a irritação, inflamações etc.

      Vinagre de maçã é uma bênção. Tente conseguir a versão feita em casa dele (orgânica ou não, mas não industrializada). Se não conseguir, tudo bem. Se conseguir, tu sentirá na língua a diferença. Parecem alimentos diferentes. Pode, inclusive, tomar como suco no almoço. Uma colher de vinagre de maçã orgânico e água em temperatura ambiente para fresca, nunca gelada.

  8. Tenho neuropatia periférica inflamatória auto-imune estou tomando rituximabe medicamento de AUTO custo você poderia pelo amor de DEUS uma ajuda por favor eu não leio inglês não consigo Fonte confiável me ajude ….

    1. Médicos confiáveis em Dieta Cetogênica? Dr. Souto, Dra. Janaína Koenen, Rodrigo Bomeny, há diversos. A minha sugestão é sempre olhar o blog de médicos Low Carb que o Dr. Souto criou. http://profissionaislowcarb.blogspot.com

      Devo te dizer que há esperanças. Estando tão atrelada à diabetes ou pré-diabetes, a Dieta Cetogênica é promissora e tem apresentado bons resultados na doença. Busque médicos, as medicações mudarão uma vez que você entrar em cetose. Tenha um bom acompanhamento médico neste caso, ok?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *