Artigos

Caldo de Ossos: mitos e fatos (quantidades e benefícios do caldo na Cetogênica)

caldo de ossos receita cetogenica low carb emagrecimento

Não há site de Dieta Cetogênica digno de ser lido que não fale sobre a importância do caldo de ossos. O caldo de ossos é especialmente importante na Keto e na Carnívora, porque é uma forma excelente de minimizar o efeito da chamada gripe cetogênica ou gripe low carb, que ocorre em ambas as dietas nas fases de adaptação. Mais ainda, evita a possível desidratação na fase inicial da Keto.

Mas, não é só isso: há vários outros benefícios que veremos ao longo do conteúdo!

Caldo de ossos – Mitos

É importante esclarecer que o caldo de ossos não é a melhor fonte de minerais, como algumas pessoas comentam. Na realidade, vegetais são incomparavelmente superiores nisso.

Portanto, a melhor forma de enriquecer seu caldo de ossos é incorporá-lo às sopas de legumes (especialmente, folhas verde escuras, se o que você busca é a suplementação de minerais).

Suplementos para repor minerais na Cetogênica

Utilizo quatro suplementos básicos para evitar a perda de minerais na adaptação à cetose. Conheça-os abaixo e escolha o seu:

escalda-pés seja muito difícil de fazer com frequência, outra forma que indico é a ingestão do sal amargo na receita do repositor de eletrólitos Ketorade II, que reúne diversos suplementos necessários para a Cetogênica, na fase inicial.

Contudo, especialmente se você sofre de fibromialgia, indico que faça o escalda-pés ao menos uma vez na semana ou que prepare compressas com água e sal amargo e aplique nas regiões doloridas.

Caldo de ossos – Fatos

A quantidade de vitaminas A e K, selênio, zinco, manganês, ferro, fósforo e cálcio no caldo é significativa (tanto que o alimento não pode ser incluído no protocolo Coimbra, por exemplo, pelo cálcio que possui).

Ainda, o caldo de ossos é a uma boa suplementação de colágeno. Ele pode ajudar na saúde das cartilagens, dos ossos, sistema imunológico, metabolismo etc.

O caldo é uma ótima fonte de aminoácidos, como a glutamina, e por isso é um aliado no tratamento de questões inflamatórias intestinais.

Quanto devo tomar diariamente?

Um bom plano alimentar cetogênico contém caldo de ossos diário na adaptação, mas eu estenderia este prazo por mais algum tempo (dois ou três meses e sempre que a fadiga retornar).

Não é preciso tomar muito. Uma pequena dose de 50ml diária já é excelente, mas você pode tomar até uma xícara diária, claro. Prepare em grandes quantidades e coloque em pequenos potinhos ou até em formas de gelo no freezer.

A minha dica é preparar o caldo de ossos apenas com os temperos. Prepará-lo purinho vai permitir que você agregue o caldo às mais diversas receitas cetogênicas: coloque uma porção de caldo de ossos em um molho, outra na sopa de legumes, no creme de brócolis com ricota e couve, onde puder.

Quem deve tomar o caldo de ossos? Indicações gerais

  • Se você sentir cãibras, fraqueza muscular, fadiga, confusão mental e outros sintomas que acusam falta de minerais na keto e na carnívora, tome caldo e durma bastante.
  • Se você tiver problemas no trato intestinal, inflamações, dores em articulações, tome caldo e durma bastante.
  • Se você estiver perto da linda idade dos 40 anos e for mulher, troque seu suplemento de colágeno por caldo e durma bastante.
  • Se você for uma criança e tiver graves problemas de alergias, tome caldo de ossos e durma para recuperar microbiota (como minhas filhotas).
  • Se você estiver em fase de emagrecimento na cetogênica, faça o caldo de ossos, coloque na geladeira e remova a capa de gordura que se forma por cima. Guarde esta gordura e a utilize para cozinhar nos próximos dias (não descarte esta gordura, por favor!)
  • Se você estiver em fase de manutenção, pode usar gordura e caldo juntos, claro.

caldo de ossos receita cetogenica

Receita de Caldo de Ossos

Ingredientes

  • 1 kg de ossos (com tutano). Sim, pode ter a carne junto. Se possível, coloque patas, articulações e vísceras junto.
  • Temperos: sal, cebola, alho, cúrcuma, pimenta preta, manjerona, orégano etc.
  • 3 colheres sopa de vinagre de maçã
  • 2/3 da panela com água (panela sempre cheia, respeitando o limite de segurança)

Modo de Preparo:

  1. Cozinhe por 3h para bovinos ou 2h para frango na panela de pressão. Pare na metade do tempo para completar com água se a sua panela de pressão for pequena (3 ou 4 litros) ou siga direto até o fim se a panela for grande (6 ou 7 litros).
  2. Coe e sirva.

ATENÇÃO à quantidade de água para o preparo: sempre encha a panela até o limite de segurança (quase cheia de água), independentemente do tamanho da panela. O que importa é que, se a panela for pequena, você precisará completar a água no meio do processo – ou ficará sem caldo, pois ele secará no cozimento! 

Se o seu osso tinha carne junto, ótimo também. Esta carne se soltou durante o processo de cozimento. Pegue a carne e coma separadamente em outras receitas. Gosto de processar esta carne e adicioná-la aos cremes de vegetais.

Caldo de ossos no emagrecimento: um alerta

Caso você esteja fazendo a Dieta Cetogênica para emagrecimento, indico o seguinte procedimento:

  1. Prepare o caldo de ossos normalmente.
  2. Remova todo o tutano que pode ter ficado acumulado dentro dos ossos.
  3. Descarte os ossos.
  4. Caso tenha comprado ossos com carne, separe a carne em um pote para comer em outra refeição.
  5. Leve tudo que restou na panela (o líquido gelatinoso) à geladeira por algo como 12h.
  6. Após este período, uma espessa camada de gordura se formará sobre o caldo.
  7. Retire esta camada com uma colher e guarde-a.
  8. Use esta gordura como a banha, manteiga ou oliva que tu utiliza para preparar alimentos quaisquer. Porém, não tome esta gordura com o caldo (não se trata de temer a gordura, mas sim de usá-la sempre que necessária).

Vídeo | Receita Caldo de Ossos

Colo abaixo o vídeo do Paleo App, mostrando como fazer. Considero um ótimo vídeo em português mostrando a receita do Caldo de Ossos. Eu não conseguiria fazer algo melhor.

 

 

 

25 Comentários

  1. Oi Ju, adorei o post, já havia lido sua outra postagem sobre o Caldo, essa completou ainda mais o tema. Mas, já ouvi algumas discussões sobre, o caldo tirar da cetose!
    Esse fato pode ocorrer estando relacionado a quantidade consumida diariamente ou não, não pode tirar da cetose!!!
    Obrigada!!!

    1. Não consigo conceber o quê no caldo tiraria uma pessoa de cetose. Tu poderia me passar a fonte que afirma isso para eu analisar os argumentos?

  2. Ju, cheguei a pouco tempo aqui no teu site mas já venho estudando keto há um tempo. Me tira uma dúvida: a ideia de 70% de gorduras, 20% ptna e 10% carbos é uma “fantasia”? Vc fala q usa-se mais gordura na adaptação, depois reduz-se p emagrecimento, e volta a aumentar na manutenção. Me corrija se estou falando besteira. Agradeço sua atenção desde já

    1. Não é uma fantasia, é um fundamento da Cetogênica Clássica. Explico direitinho no vídeo da Live sobre platô e emagrecimento, mas a questão é que, ao longo do século, o óbvio veio à tona: dieta cetogênica é uma dieta que estimula a produção de corpos cetônicos, certo? Eles passam a ser o combustível do corpo. Como você vai fazer isso depende da instituição e/ou do profissional e aplicação. Há inúmeras dietas cetogênicas atualmente, incluindo a carnívora. Os macros clássicos estão sempre sendo revistos, mas servem como um guia base para a compreensão da dieta.

  3. Ju, estou por aqui (e no seu youtube e ig…) há alguns dias, já me inscrevi para o atendimento e estou amando seu site e, principalmente, você. Sua forma clara e didática de nos passar tantas informações. Bom, recentemente retornei para a cetogênica, pois é a única com a qual me sinto realmente bem e adaptada. PORÉM, sou vegetariana. Há algo com o qual eu poderia substituir os benefícios apontados desse caldo de ossos?

    1. Oi, Laura! Bom te ver por aqui também. Olha, eu, pessoalmente, não trabalho com vegetarianos, apenas ovolactovegetarianos. Esta mera distinção já te deixaria claro o que tu pode usar para substituir o caldo de ossos (laticínios e ovos). Eu te sugiro muito conversar com uma nutricionista para ver toda suplementação necessária aos vegetarianos (nutritional yeast para vitaminas do complexo B, ômega 3, mesmo que seja de algas, “whey” com proteína de ervilha etc) e tentar, com muito carinho, colocar um mínimo de três ovos caipiras ao dia.

      Neste caso, comendo bem, o substituto do caldo de ossos seria a receita do ketorade 02 que subi esta semana no site, na seção receitas – suplementos. Quero que tu tenha muita, muita cautela, ok? Vegetarianos já estão no limite do limite da nutrição e a cetogênica te ajudará a perder os poucos nutrientes animais que tu ingere, ao menos nos meses iniciais. O cuidado é tanto, que eu prefiro não trabalhar com esta linha de cetogênica, mesmo sabendo que sim, é muito possível.

  4. Eu já faço a 3 meses a cetogenica e não consigo emagrecer, não sabia sobre isso de retirar a gordura, Não sei se devo diminuir as quantidades do que consumo.

    1. Essa de retirar a gordura do caldo nao entendi direito. Por que não ingerir tudo junto? Qual a diferença entre ingerir tudo e tirar pra usar depois?

      1. Elis, se tu quiseres consumir o caldo de ossos como uma forma de suplementação de gorduras, fica à vontade. O alimento é muito gordo se não removermos a capa. Mas, é uma gordura excepcional. Por isso, sugiro que seja utilizada em vez de gordura industrializada, de supermercado. No final das contas, a gordura será sim ingerida – nós só a usamos de forma mais inteligente. Muitas pessoas que buscam o caldo estão fazendo cetogênica para emagrecimento. Esta forma é muito esperta para não abusar das calorias também.

  5. Boa tarde, eu tomo colágeno uc ll e cálcio em cápsulas, gostaria de saber se posso tomar esse caldo de ossos também?

    1. Como uma sopa. Três, quatro dias? Por isso, o ideal é congelá-lo em porções separadas. Prepare em lotes e congele o que não for usar.

  6. Nossa, adorei essa receita, talvez eu tenha problemas pra tomar só 50ml…adoro caldos.Embora você tenha alertado pra retirar a gordura para quem quer emagrecer, usar a gordura não traria uma sensação maior de saciedade?

    1. Rita, pode manter sim. Se for usar o caldo como uma refeição completa, seria mais interessante agregar bons temperos e legumes também, ok?

  7. Oi Juliana, e o melhor conteúdo que já encontrei na Internet, não só pelas informações mas pela forma que comunica, parabéns.
    Minha pergunta é sobre a quantidade de horas de cozimento, pode passar dessas horas? Extrai-se mais nutrientes ou não é necessário? Vi em outros sites falando de 12 horas de cozimento.
    O caldo coado não quebra o jejum em qualquer quantidade?

    Obrigado, abraços.

    1. Gosto muito de 12h. É a receita da Weston Price que subi neste vídeo: https://youtu.be/nj6h_AnUxqs

      Sobre jejum, variará do que tu busca nele. Em termos gerais, caldo é permitido quando a pessoa está começando a prática. É como Fung nos ensina ao menos. Caldo ok, mas a meta seria tirá-lo. Não trabalho com jejum de água e sal. Utilizo jejum de gordura com meus clientes. O caldo entraria integralmente, com gorduras.

    1. Chega no açougue e diz: moço, eu quero ossos para cachorro com tutano. Quanto mais tutano melhor, moço.

      🙂

      Carne com tutano é cara. Ossos com tutano são muito baratos. Busque os ossos ou fique com as carnes com tutano caso tenha dinheiro, claro. Depois, come a carne separadinha com as refeições mesmo.

  8. Ju, obrigada por suas dicas e esclarecimentos…eu fiz o caldo e rendeu 22 potinho de 100ml e ficaram com um dedo mais ou menos de gordura. Essa gordura quando eu for utilizar o caldo, eu posso tirar e servir de banha para outras receitas? tipo assim: fazer ovos mexidos, refogar legumes etc…

  9. Oi Jú! Mudei de cidade e aqui está bem dificil conseguir osso com tutano nos açougues…Confesso que tenho uma certa resistencia com pé de galinha ( que ao meu ver, substituiria o osso de boi com tutano). Pensei em fazer o caldo de mocotó…Posso? ( e quantas horas seriam de panela, caso afirmativo). Sou sua maior fã. Vc é luz na minha vida…Obrigada por tudo!

    1. Pode sim, Paola. Eu tenho tomado colágeno hidrolisado como suplementação mesmo. Épocas difíceis em que tempo sobrando não faz parte do cotidiano. Apenas observe os ingredientes que colocará no mocotó para não colocar carboidratos escondidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *